728x90 AdSpace

Latest News
20 de jan de 2010

Excelência corporal e técnica

O texto de I Samuel diz que Davi era forte e valente, e de boa aparência. Essas são características físicas que se dividem em dois níveis:



1. A Força e a valentia no dia-a-dia
Um bailarino precisa manter sua saúde sempre estável e para isso é necessária uma boa alimentação, sem excessos, uma regulada dieta de exercícios físicos, e em casos extremos, o acompanhamento médico é aconselhável.


Nosso corpo e templo do espírito e a força será sempre utilizada para a realização de movimentos corporais, por isso e necessário muito treinamento e disposição para que possamos ser usado pelo espírito para realizar qualquer tipo de movimentos necessarios.



2. Formação, a nossa boa aparência para louvarmos ao Senhor
No mundo secular, bailarinos profissionais são acompanhados de perto por professores e na igreja isso não precisar ser diferente, pois são pessoas formadas e possuem embasamento técnico necessário para o aprimoramento das capacidades físicas e habilidades para a dança em geral. Devemos sempre procurar professores convertidos e que entendam a visão daquilo que fazemos para o Senhor.


E importante que o adorador apostólico se forme em várias técnicas de dança, realizando aulas semanais de preferência, com objetivo de obter uma técnica excelente assim como a de Davi (melhorando sua sensibilidade, sua expressão corporal, etc).


Nos somos da Igreja Apostólica que resgata todos os ritmos para o Senhor, e por isso, também iremos resgatar todos os estilos de dança para Deus.


Fonte: Dança Renascer

Silmara Caetano

Através do Blog Mover, encoraja e estimula ministérios de dança de todo o Brasil a oferecerem uma adoração com excelencia a Deus. Sirvo a Deus com coração, alma e entendimento. Tudo é por Ele e para Ele... Leia Mais sobre o autor

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

0 pessoas comentaram:

Postar um comentário

Compartilhe suas experiências ou deixe seu recadinho! Vou curtir de montão!

Item Reviewed: Excelência corporal e técnica Rating: 5 Reviewed By: Silmara Caetano