728x90 AdSpace

Latest News
27 de jan de 2010

Expressões Físicas durante Louvor e Adoração



Pular, gritar, erguer as mãos, bradar, correr, dançar por horas seguidas... O que é certo? Qual o limite? Como devemos reagir? Será que eu também devo?

Bem, estas são muitas das perguntas que temos. Geralmente ficamos com um "pé atrás" quando vemos as coisas acontecendo durante o louvor e adoração. E realmente a nossa atenção é cativada pelo que os nossos olhos estão vendo.

A pergunta de muitos é: o que tem fundamento bíblico e o que não tem? Como sei onde é o limite? Existe limite?

Analisemos algo, existem mais de 50 palavras no original para a palavra LOUVOR. E todas elas, sem exceção, são verbos que transmitem a idéia de AÇÃO.

O louvor nunca é algo contemplativo, meditativo, em silêncio. Ou seja, em outras palavras, se você diz estar louvando, você tem que estar exercendo alguma ação com seu corpo ou voz.

Por exemplo, a palavra Barak significa louvar, reverenciar, bendizer ('diz bem de... '). A palavra Yadah significa confessar com mãos levantadas. Zamar, por sua vez, quer dizer fazer melodia ou dedilhar com cordas. Temos também Shabach, que é aclamar em alta voz, glorificar com louvor. Uma das palavras que mais gosto é Halal, que significa fazer barulho, fazer um claro e brilhante som, celebrar, PARECER TOLO!

E então? Como pode? Essas palavras só têm sentido quando colocamos em prática. Quando olhamos para um irmão, e ele está rolando, caído no chão, rindo, correndo pelo templo, ou pulando feito louco, por que é que muitas vezes nós o julgamos?

A palavra nos manda fazer barulho, nos manda levantar um glorioso louvor, e para isso, poderemos até "parecer tolos". O nosso louvor tem que ser claro e brilhante: "Bendizei, ó povos, o nosso Deus; fazei ouvir a voz do seu louvor" (Sl 66:8).

Algo distintivo sobre louvor é que ele TEM QUE SER EXPRESSO seja através de canto, dança, instrumentos, gritos, proclamação, etc. Ou seja, ele tem uma natureza e forma extrovertidas.

Meditação não é louvor. Se você estiver assentado, observando, quieto, ou imóvel, você não estará louvando. Você pode até estar adorando, mas não está LOUVANDO!

E para terminar, quero deixar algumas razões pelas quais devemos louvar:
1) Porque somos ordenados a fazê-lo. (Sl 150:1)
2) Porque Deus habita no meio dos louvores. (Sl 22:3)
3) Há poder no louvor (Sl 149:6).
4) Porque é bom louvar a Deus (Sl 92:1; Sl 135:3)
5) Porque fomos criados para isso (I Pe 2:9; Is 43:21)
6) Acima de tudo, porque ELE É DIGNO E MERECEDOR! (Sl 48:1; Ap 4:11)


Nós louvamos a Deus quando nos achegamos a Ele. Quando Ele se achega a nós, então nossa única reação é adorar! Louvor é o que fazemos para que Ele venha! Adoração é o que fazemos quando Ele se manifesta!

Louvor nos traz à presença de Deus! Adoração responde à presença de Deus! Portanto, abra sua boca aí mesmo onde você está! Que os altos louvores do Senhor sejam ouvidos em sua vida!



Raquel Emerick Fernandes é diretora do departamento de música
do Cristo Para As Nações na cidade de Belo Horizonte/MG.
E-mail: raquelcpn@hotmail.com
Silmara Caetano

Através do Blog Mover, encoraja e estimula ministérios de dança de todo o Brasil a oferecerem uma adoração com excelencia a Deus. Sirvo a Deus com coração, alma e entendimento. Tudo é por Ele e para Ele... Leia Mais sobre o autor

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

2 pessoas comentaram:

  1. gostei muito do seu blog, muito bom..parabéns

    ResponderExcluir
  2. amei esse blog..... continue.... colocando mais coisas....
    muitos precisam, ainda mais quem mora em cidade super pequena,que nao tem como aprender dançar.... tem q buscar ne???

    bjos
    e a PAZ DAQUELE QUE NOS DEU....

    ResponderExcluir

Compartilhe suas experiências ou deixe seu recadinho! Vou curtir de montão!

Item Reviewed: Expressões Físicas durante Louvor e Adoração Rating: 5 Reviewed By: Silmara Caetano