728x90 AdSpace

Latest News
26 de set de 2013

Batalhas Espirituais travadas num Ministerio de Dança


Boa Noite, irmãos amados... Geração Escolhida!
Alguns líderes de ministerio de dança me escrevem emails, contando situações que ocorrem em seu ministério e, sem saber como agir, procuram orientações aqui no Blog... Então percebi que ainda não havia escrito um post específico sobre batalha espiritual. Então este é o momento!

Muitos ministérios de dança, talvez por desinformação ou imaturidade de seus componentes, ignoram a batalha espiritual que é travada nas regiões celestiais, com o intuito de deter o agir de Deus através da dança.  Isso é um assunto que deve ser levado a sério por todos os que participam de um ministério de dança. Sempre que nos dedicamos a levar a Palavra de Deus às vidas, seja de que meio for: Louvor, Artes, Oratória ou evangelismo pessoal, o inimigo se levanta para impedir.

 Na dança isso não é diferente! Quando temos uma equipe unida debaixo de uma visão, de um propósito, debaixo de um envio profético, com todas as armas para fazer um "estrago" no inferno, sim.. O inimigo se levanta contra esta equipe, procurando destruir suas forças, separar seus integrantes, semear discórdias e anular o efeito espiritual de suas ações. Podemos ver na Bíblia que esta "Guerra" é real e não pode ser ignorada ou considerada insignificante!

Vou listar resumidamente algumas armas que o Inimigo usa para anular o Ministério de Dança:


  • Quando alguns dos integrantes da equipe são carnais, trazendo escândalos para o Ministério, e o fazem perder a credibilidade.
  • Quando o Ministério está num lugar em que não tem o apoio, por parte dos membros da igreja, nem é reconhecido como uma Obra de Deus e Para DEus, e é alvo de intrigas e fofocas semeadas pelo inimigo.
  • Quando a própria liderança da Igreja (pastores, obreiros...) não entendem a dança como adoração a Deus, restringindo as ações do ministério.
  • Quando surgem alguns focos de insatisfação na equipe, por diversas razões, e que as vezes pode ser irreais:  líder favorecendo alguma pessoa específica, seja por posição de destaque ou por alguma disciplina que deveria ser aplicada e não foi, etc..
  • A incredulidade das pessoas que recebem a ministração. Isso deve ser considerado quando o grupo é convidado para ministrar em outros lugares, praças publicas, impactos evangelisticos, mostras de dança, etc. (Infelizmente, acredito que em alguns lugares isso ocorra dentro da igreja também...)


A Bíblia nos ensina que devemos nos concentrar não nas pessoas causadoras dos problemas, mas sim devemos combater o diabo, que está agindo, instigando e semeando o problema  através dela:

"pois a nossa luta não é contra os seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. " Efesios 6:12 NVI

Queridos, o problema não é o pastor, nem é aquele integrante do grupo, nem aquela irmã "fofoqueira"... Não iremos combater confrontando pessoas, não! Vamos combater através da Oração e usaremos as armas que o Senhor nos deu:

"Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas." 2 Corintios 10:3-4 NVI

Nosso inimigo invisível deve ser combatido com armas que a Bíblia nos ensina: O Nome de Jesus, O Sangue de Jesus; Jejuns; Louvor; Palavra de Deus; Entendimento e Discernimento Espiritual. É preciso estar fime em Jesus, mãos limpas e coração puro, libertos das obras da carne, para poder guerrear e ter a vitória nas batalhas que travamos.

Não vamos ignorar o nosso inimigo: Muitas vezes, no meio de uma guerra, ocorre um levante de alguém que você mais confia, de um jeito que você menos espera. Isso é a maneira que o diabo tenta te enfraquecer... Nesses momentos que o líder começa a pensar que não vale a pena lutar, que é melhor desistir de tudo... Não desista! Permaneça! A recompensa vem!

Como ministros do Senhor, devemos aprender a nos preparar para todas as situações, para resistir firme contra o mau e a sua influência nas pessoas. A Guerra Espiritual é vencida quando estamos lutando debaixo de uma orientação do Espírito Santo. A dança como forma de guerra pode ser exercitada quando os conflitos se levantam. Conheço muitos testemunhos de como a dança trouxe libertação, cura e restauração a alguém que decidiu e começou a se mover! Em meio a provações, perseguições ou dor, foi a dança que os libertou. A razão é simplesmente que a adoração expressa em danças os levou a focar sua atenção no Senhor, "O TODO PODEROSO NAS BATALHAS"

Continua...

Cristo Vive, a Ele Glória!
Silmara Caetano

Silmara Caetano

Através do Blog Mover, encoraja e estimula ministérios de dança de todo o Brasil a oferecerem uma adoração com excelencia a Deus. Sirvo a Deus com coração, alma e entendimento. Tudo é por Ele e para Ele... Leia Mais sobre o autor

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

6 pessoas comentaram:

  1. Post excelente... Uma vez um pregador de trem aqui em Salvador Bahia me disse: Elaine, a obra é espinhosa. Até então não entendia muito (era nova na fé), porém hoje sabe o que eu digo: A Obra é espinhosa, nos prega vários espinhos, porém Deus é poderoso pra vencer.
    O nosso foco deve ser cabalmente CRISTO... Quando esse é o nosso real foco, qualquer coisa que venha acontecer será incapaz de abalar o coração de um guerreiro de Cristo.
    Sofremos pouco? Não, não sofremos. Mas não desistimos porque amamos a obra do Senhor em nossas vidas e nas vidas dos nossos próximos... Isso deve ser um prazer, e se o não tiver... busque... porém jamais faça a obra de Deus em vão... Deus é fiel e justo!

    Elaine Pessoa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, Elaine, isso mesmo.. Já conheci pessoas que largaram tudo por não sentir mais prazer na obra de Deus, não havia mais alegria em servir, até mesmo causado pelas lutas enfrentadas.. Vamos colocar os nossos olhos em Jesus, pra termos renovada em nós a nossa alegria, nosso primeiro amor, nossa paixão em serví-lo através a dança! É esse o nosso chamado! É a razão de estarmos aqui, nesse tempo.. e sermos conhecidos como adoradores fiéis, apaixonados e influenciadores nesta geração!

      Excluir
  2. eu acabei de pegar um grupo pra reger na parte de gestos,só que não sei se vou ser capaz de criar uma coreografia não sei o que fazer estou com um pouco de medo de não agradar a DEUS;;;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anonimo, Graça e Paz! Não tenha medo.. Se vocÊ tem a certeza que vc está nesta posição por ser da vontade do nosso Deus , então vc não está sozinha! Entregue-se neste chamado, ore e fique na dependencia do Senhor que Ele mesmo trará até você tudo o que vc precisa! Ele mesmo vai te instruir e seu ministério será uma bênção!!
      Deus te Abençoe!

      Excluir
  3. GOSTARIA DE IMPRIMIR O ARTIGO BATALHA ESPIRITAUL MAS N CONSIGO, O QUE DEVO FAZER SILMARA. E

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá abençoada! No momento o botão de imprimir não está disponivel, pois não funcionou neste novo modelo de blog. Ainda estou tentando arrumar.. Por favor, verifique mais tarde. Assim que eu conseguir deixar tudo em ordem vou deixar um recadinho pra te avisar, aqui mesmo, ok!

      Excluir

Compartilhe suas experiências ou deixe seu recadinho! Vou curtir de montão!

Item Reviewed: Batalhas Espirituais travadas num Ministerio de Dança Rating: 5 Reviewed By: Silmara Caetano